Depoimentos

Renata Nogueira Herculano

Arquitetura e Urbanismo - FUMEC

Polônia

Agosto a Outubro 2009

Sempre desejei ter uma experiência profissional no exterior e atrelada a isso, a oportunidade de conhecer lugares e culturas diferentes. Quando conheci a IAESTE através de um professor, ainda cursando Arquitetura e Urbanismo, comecei a ver que este sonho não era tão distante.
Me formei, já estava inserida no mercado de trabalho e comecei a cursar Engenharia de Produção Civil. No entanto, percebi que era o momento de buscar algo muito novo, que me proporcionasse crescimento tanto profissional como pessoal. E a IAESTE tornou tudo mais fácil e rápido.
Consegui uma vaga onde eu queria. Um lugar que eu jamais pensaria em visitar como turista. Um país pouco falado, e por isso, tão instigante. Com uma história incrível, com problemas próximos aos do Brasil, e com uma distância tão pequena de países extremamente desenvolvidos.
Polônia! Que destino não?! Até hoje me perguntam: "Mas o que você foi fazer na Polônia??? Por que a Polônia???".
Foi tudo muito rápido, e nem tive tempo de esperar muita coisa, mas a Polônia foi uma grande surpresa. No fim, o saldo foi "positivíssimo"! O clima, algumas pessoas, o trabalho, a história e a certificação de muitos aspectos pessoais, vindos de pessoas que pouco me conheciam... foram de grande valor, e penso que isso não consigo mensurar.
Havia muitos intercambistas vindos de vários lugares do mundo, e como morávamos todos nos alojamentos estudantis, desenvolvemos uma convivência intensa que proporcionou importantes trocas.
No trabalho, na cidade de Sopot, fui super bem recebida. Integrei a equipe de um concurso regional para o desenvolvimento do Masterplan e arquitetura dos edifícios habitacionais e de escritórios em uma zona histórica de Oliwa, distrito de Gdansk, onde eu morava. Por já possuir uma graduação, me colocaram como arquiteta auxiliar e aumentaram minha remuneração!
Aproveitávamos os fins de semana para conhecer o país, e por isso tive a oportunidade de visitar muitas regiões da Polônia. Sem falar das festas e de todo o divertimento que o verão europeu propicia.
Com o fim dos trabalhos decidi mochilar pela Europa. Que experiência! Foram 2 meses e meio viajando sozinha. Durante este tempo conheci muitas pessoas, de todos os lugares possíveis, desde brasileiros até moradores das ilhas Fiji. Ouvi muitas histórias, de gente que viajava por amor e outras por dinheiro. Ao todo foram 66 viagens, combinadas entre carro, avião, barco, trem e ônibus. 10 países visitados, 37 cidades, e o incrível número de quase 14.000 fotos.
E o saldo final? Muitas histórias, apertos, lembranças, aprendizados, pessoas, sabores, cheiros e sensações... saudades e vontade de voltar!
Recomendo 100% a IAESTE e sem dúvidas, se puderem ir à Polônia, não pensem duas vezes!!!

Fiz um blog para que todos pudessem acompanhar comigo essa aventura e a quem possa se interessar: http://viajantede1viagem.blogspot.com/

Veja Também: